Estudo bíblico Bíblia online Estudo bíblico Procura-se Alvo Jovem Alvo Missionário Fatos e fotos Curiosidades Testemunhos Pedidos de oração Mensagens de fé Alvo Musical 24h No Alvo da Verdade No Alvo da Verdade Alvo

Clique para baixar

 O ESPIRITISMO 

Origem

A palavra espiritismo tem sua origem no vocábulo francês espiritisme. É uma doutrina filosóficoreligiosa baseada no crença da comunicação entre os vivos e os mortos (Pequeno Dicionário da Língua Portuguesa. Celso Pedro Luft).

O espiritismo, enquanto tentativa de contato com os mortos, fazia parte da cultura de vários povos da antiguidade como os egípcios, caldeus. assírios, hindus, chineses, gregos, romanos, e dos primeiros habitantes da palestina.

O início oficial do espiritismo moderno, deuse em um lugarejo de Nova Iorque nos Estados Unidos, chamado Hydesville, no ano de 1848, num curioso episódio ocorrido na residência dos Fox. Cujas doutrinas foram codificadas nove anos depois por Allan Kardec.

Divisões do espiritismo

  1. Espiritismo Comum
    Quiromancia, cartomancia, grafologia, hidromancia, astrologia.
  2. Baixo Espiritismo
    Também conhecido coma espiritismo pagão, identificado pelas seguseguintes práticas: vudu, candomblé, umbanda, quimbanda, macumba.
  3. Espiritismo Científico
    Também conhecido como “alto espiritismo”, “espiritismo ortodoxo”, “espiritismo profissional”, ou “espiritualismo”. Essa classe de espiritismo vem mascarada pelos seguintes títulos: ecletismo, esoterismo e teosofismo.
  4. Espiritismo Kardecista
    Como o próprio nome sugere, essa classe do espiritismo tem sua doutrina baseada nos ensinamentos de Allan Kardec.

Confrontos Doutrinários

  1. Nega a inspiração divina da Bíblia (II Tm 3.16,17);
  2. Nega a doutrina da trindade (II Pd 1.17; Jo 1.1; At 5.3,4);
  3. Nega a deidade de Cristo (Mc 2.112; Jo 9.36.37; Jo 20.28):
  4. Nega a ressurreição corporal de Jesus (At 1.3;I Co 15.38);
  5. Nega nossa redenção por Cristo (1 Tm 1.15);
  6. Nega a existência do céu como lugar de felicidade (Rm 14.17):
  7. Nega a existência do inferno como lugar de tormento eterno (Mt 5.2229);
  8. Nega a existência do diabo e dos demônios (Lc 10.17,18);
  9. Nega a ressurreição do corpo (1 Co 15.149);
  10. Nega os milagres de Jesus.

Toda estrutura do espiritismo tem sua sustentação em duas colunas. sem as quais o mesmo ruiria. Que são: a reencarnação e a invocação dos mortos.

  1. REENCARNAÇÃO: crença de que quando uma pessoa morre, seu espírito voltará a ocupar outro corpo. Refutação: “Aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo depois o juízo. (Hb 9.27)
  2. INVOCAÇÃO DOS MORTOS: acerca deste ponto iremos ler 1 Samuel 28.
    Refutação:“Quando entrares na terra que o Senhor teu Deus te der. Não aprenderás a fazer conforme as abominações daquelas nações, entre ti se não achará quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador. nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; nem encantador de encantamentos, nem quem consulte um espírito adivinhante, nem mágico, nem quem consulte os mortos: pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao Senhor; e por estas abominações o Senhor teu Deus a lança fora diante dele. Perfeito serás. Como o Senhor teu Deus. Porque estas nações, que hás de possuir, ouvem os prognosticadores e os adivinhadores: porém a ti o Senhor teu Deus não permitiu tal cousa”, (Dt l8.914).

Vejamos agora, de maneiro sintetizada, o posicionamento do Espiritismo acerca dos seguintes assuntos:

  • DEUS: É um ser impessoal em forma de inteligência e ao mesmo tempo um poder supremo.
  • JESUS: Ele foi o maior médium, um espírito evoluído e iluminado, O ser mais perfeito que jamais esteve na terra, e que não é Deus. Afirmam que não há igualdade absoluta entre Deus e Jesus.
  • ESPÍRITO SANTO: Afirmam que o “Consolador” a quem Jesus se referiu, seriam os espíritos de luz. Assim o espiritismo é o que Jesus disse do consolador prometido.
  • A BÍBLIA: Não tem a Bíblia como base de sua crença: A Bíblia está repleta de erros. Utilizam o “Evangelho Segundo o Espiritismo” e o “Livro dos Espíritos”.
  • A SALVAÇÃO: Crêem na salvação através das boas obras, e na reencarnação como condição de evolução espiritual conseguida pelo próprio homem.

Cultos espíritas

Umbanda

É um misto de espiritismo kardercista, catolicismo, budismo e mediunismo. Não tem um corpo doutrinário definido e está se estabelecendo rapidamente no Brasil.

Os terreiros de umbanda aparecem da noite para o dia. Principalmente nas periferias das cidades, porém recebe a visita de pessoas de todas as camadas sociais, que buscam através da prática da feitiçaria soluções para todos os tipos de problemas.

A palavra umbanda, que quer dizer “dolado de Deus” ou “dolado do bem”, é uma religião de magia e feitiçaria, politeísta, fetichista e mitológica, muito semelhante ao candomblé.

Na umbanda. o orixá é odorado e servido, e motivo de orgulho para o médium (cavalo), O exu é evitado, e quando numa seção se incorpora. é logo afastado.

Quimbanda

Umbanda e quimbanda são semelhantes. É muito comum a realização de sessões de quimbanda nos terreiros de umbanda. Embora sejam semelhantes não são iguais; embora usem frequentemente os mesmos pontos e invoquem as mesmas entidades, existe uma teórica rivalidade entre as duas. Veja algumas diferenças:

  • A umbanda dedicase à prática do “bem”, embora algumas vezes seja usada para o mal. É também definida como “magia branca”.
  • A quimbanda dedicase a fazer o mal, atendendo solicitações de seus adeptos e admiradores, também definida como “magia negra”,
  • Uma das práticas mais comuns da umbanda, é “desfazer” o trabalho ruim, normalmente feito pelos adeptos da quimbanda.
  • Na quimbanda. uma das práticas mais comuns é reforçar ou fazer um trabalho maior do que foi feito na umbanda, no intuito de agradar mais aos exus para obter seus favores, para o bem ou para o mal.
  • Na umbanda, predominam nas oferendas as flores, velas, perfures e enfeites
  • Na quimbanda. a predominância está no sangue e nos sacrifícios dos animais.
  • Frase comum na umbanda: “Deus é pai de todos…”
  • Frase comum na quimbanda: “Deus é bom, mas o diabo não é mal”.

Obs.: Exu é uma entidade diabólica na mitologia africana.

Enquanto nos Evangelhos os demônios são combatidos, no espiritismo eles são servidos, agradados e até mesmo adorados, como no caso da quimbanda.

Candomblé

É um culto fetichista semelhante o quimbanda, mas com suas peculiaridades. É o mesmo espírito que opera nesses cultos: satanás e seus demônios.

O que se sabe no candomblé, suas doutrinas, seus rituais e sua prática, são declarações de pessoas que saíram desse abismo espiritual e entregaram suas vidas ao Rei dos reis e Senhor dos senhores: Jesus Cristo.

Algumas característicos do candomblé:

  • Seu segredo baseiase nas folhas e ervas que usam nos trabalhos. Umas destinamse a fazer o mal, outras o bem.
  • Candomblista tem os orixás como deuses ou espíritos bons, suplicados para o cliente conseguir favores.
  • Mistura de ervas com pós, terra de lugares santos, pedras e coisas desse tipo são feitas para obtenção de várias finalidades, tais como: pó do amor, bebida para fechar o corpo, pó da sedução, banhos para afastarem mau olhado etc.
  • A prática de “fazer a cabeça” é uma maneira de se vender a alma ao orixá. É uma chantagem diabólica que obriga a pessoa o renunciar enquanto vive sua própria salvação. Daí os adeptos do candomblé julgarem que nunca mais o poderão deixar. Para estes, é boa a palavra de Jesus: “Se pois o filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.” (Jo 8.36)

Macumba

É chamado candomblé (Bahia); tambordemina, tambor crioulo (Moranhão); xangô (Pernambuco, Alagoas); babaçuê (Pará); curimba etc.

De modo geral, podese considerar como macumba, o culto fetichista, de origem africano e de prática popular, sem normas, doutrinas, formas e proibições.

A prática desse culto foi introduzida no Brasil pelos escravos africanos, que aos poucos foram angariando adeptos, principalmente dentre os pobres e favelados.

Curiosidade

Muitos dos orixás desses cultos que foram citados, tem no catolicismo romano um santo correspondente. Por exemplo: lemanjá — Nosa Senhora: lansã — Santa Bárbara; Oxolá — Jesus Cristo; Ogum — São Jorge; Oxossi — São Sebastião; Omulu — São Lázaro.

Advertências Bíblicas

  • Não conservar material dessas religiões (Dt 13.17)
  • Não mutilar o corpo (Dt 18.9 12)
  • Não praticar feitiçaria (Dt 18.912)
  • Não servir a mais ninguém, além de Deus (Js 24.20).
  • Não queimar incenso (2 Rs 22.17).
  • Não entrarão no céu os feiticeiros e os idólatras (Ap 22.15)

Bibliografia

  1. HERESIOLOGIA. Raimundo Ferreira de Oliveira. EETAD
  2. PORQUE DEUS CONDENA O ESPIRITISMO, Jefferson Magno Costa, CPAD
  3. GRANDES VERDADES SOBRE O ESPIRITISMO. Reginaldo Pires Moreira, JUERP
  4. DESMASCARANDO AS SEITAS. Natanel Rinaldi / Paulo Rorneiro, CPAD
  5. REVISTA DEFESA DA FÉ, Novembro